fbpx

Pesca de Saicanga no RIO ATIBAIA

pesca de saicanga

Pesca de Saicanga no RIO ATIBAIA

Olá amigo Pescador!

Mais um relato de pescaria aqui no blog Corricos, dessa vez fomos ao rio Atibaia, próximo da cidade de Jaguariúna no rancho de nosso amigo William Gagliardo, atrás das pouco exploradas Saicangas (Acestrorrynchus sp.). Conhecida também como Branca, Cachorrinha, Cadela dentre outros nomes populares, a Saicanga é um peixe predador muito agressivo nas primeiras horas do dia e ao entardecer, não é muito explorada na pesca esportiva infelizmente, mas como sabemos do valor desse peixe, fomos ao encontro da espécie preparados com material leve, varas 12 lbs e linha 0,25mm, pois dificilmente esse peixe chega a mais de 30 cm, o que não quer dizer que quando fisgada transmite muita adrenalina ao pescador!

A valente Saicanga (Acestrorrynchus sp.).

Tralha montada, Eu, Rodrigo Goes, pescador do Canal Curimbaloko, começei a pesca no barranco do rancho, atrás dos Curimbas que estavam pulando, já Henrique Sellin e Willliam foram com os seus caiaques atrás dos predadores do rio, Dourados e Saicangas. Ao passar do dia, tanto no barranco quanto nos caiaques, nenhum peixe estava a fim de atacar as nossas iscas, mas o lema da pescaria é nunca desistir, por isso aguardamos a parte da tarde, que segundo William, que pesca constantemente no local, sairiam as tão esperadas Saicangas em uma galhada do outro lado da margem.

Rodrigo Goes com um belo exemplar.

Aguardamos o horário, e por volta das 16 hs, pegamos novamente os caiaques e fomos até o local planejado, uma estrutura submersa de galhos e pedras, com água corrente, local perfeito para abrigar predadores de emboscada. logo nos primeiros arremessos, as ações da dentuça Saicanga começavam a aparecer, logo, o Willian estava com a sua fisgada em seu anzol: Uma bela Saicanga de mais de 25 cm, que segundo o próprio William, era seu recorde pessoal no local. Fiquei empolgado, porém em meus arremessos de espera com lambari e minhoca de iscas, elas teimavam em escapar. Enquanto eu perdia fisgadas, William tirava a sua segunda, terceira e quarta Saicanga! Como eu nunca tinha pescado a espécie de caiaque, e também tinha pouca experiência com o remo, tive uma certa dificuldade. Nosso amigo Henrique ao saber do sucesso das capturas, também encostou o seu caiaque conosco, mas como já estava escurecendo, as ações pararam completamente. Hora de voltar ao rancho e guardar a tralha para voltarmos a Campinas! Um dia, proveitoso, de muito aprendizado, podemos compreender a dinâmica do local e dos peixes que lá vivem, ainda recebemos um convite para retornarmos outros dias, atrás de outras espécies como a Piapara e o Curimba que na época de Setembro e Outubro, trazem muita alegria aos pescadores esportivos!

O rio Atibaia ainda nos reserva locais pouco explorados.

QUEREMOS AGRADECER AO NOSSO AMIGO WILLIAM POR ABRIR A SUA PROPRIEDADE A NÓS, E POR NOS MOSTRAR TODAS AS MANHAS E TRUQUES PARA SE CAPTURAR ESSA INCRÍVEL ESPÉCIE: A VORAZ SAICANGA DO RIO ATIBAIA!

UM GRANDE ABRAÇO A TODOS E BORA PRA ÁGUA PESSOAL!

CONFIRA ABAIXO O VÍDEO DESSA INCRÍVEL PESCARIA!

Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments